Notícias 

Desodorante vegano caseiro

Desodorante vegano caseiro

Dentre as muitas opções que a indústria oferece, optar por usar produtos naturais que entrarão em contato com o seu corpo todos os dias é uma escolha muita sábia.

A nova onda de cosméticos naturais não para de crescer – o nosso corpo e mente agradecem – já que desde a escolha da matéria prima que você vai usar até a confecção do cosmético consiste numa terapia!

O desodorante que só necessita de três itens tem como principal matéria prima o leite de magnésia, responsável por elevar o pH da região das axilas, isto é, deixá-la menos ácida, o que atrapalha o crescimento das bactérias na região. Além disso, o cheirinho dos óleos essenciais contribuem para nosso bem estar (um mais cheiroso que o outro!), com destaque para o óleo essencial “tea tree”, que tem propriedades bactericidas, assim mata as bactérias da região.

Vale lembrar que essa misturinha não atrapalha uma função vital do corpo: suar! Aliás, é este o grande problema dos desodorantes antitranspirantes. Para evitar a transpiração, os antitranspirantes levam alumínio em sua composição, componente conhecido por aumentar o risco de câncer, principalmente de mama.

desodorante vegano caseiro

Para fazer seu desodorante vegano caseiro, você vai precisar de:

– Leite de magnésia (encontrado em farmácias);

– Água;

– Óleo essencial (encontrado em casa de produtos naturais, farmácia de manipulação…);

– Spray borrifador.

Preparo:

Coloque leite de magnésia até completar cerca de 80% do frasco do seu spray, pingue de 8 a 10 gotas do óleo essencial e complete com água.

Além do tea tree, é possível usar outros óleos essenciais que sejam de seu gosto. A escolha também pode ser feita através dos benefícios que cada óleo traz, como calma, energia, influência no sistema respiratório e por aí vai!

*Atenção: alguns dermatologistas defendem a ideia de que elevar o pH das axilas matam microrganismos que protegem a região. Porém, segundo uma entrevista com uma especialista da Unicamp, esta é uma receita antiga, passada através de gerações, a qual não se encontraram resultados prejudiciais através do seu uso, diferente do uso dos desodorantes industrializados com alumínio.

Share on FacebookPin on PinterestShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone

Relacionados

Leave a Comment